Paella Valenciana

Paella Valenciana

A receita surgiu nos séculos XV e XVI, na região de Valência, onde há muitos arrozais e grande produção de verduras frescas. Trata-se de um prato com raízes populares, tendo sido criado pelos camponeses que saíam para o campo e lavavam os preparativos básicos para a sua refeição: arroz, azeite, sal e a paellera ou paella, uma panela redonda, ampla e rasa onde juntavam ingredientes da caça (sobretudo de lebre e pato), legumes da estação e açafrão que extraíam das flores, dando o colorido amarelado ao arroz. O tomate foi acrescentado posteriormente, assim como o frango, que era muito caro para os padrões da época.

Com a difusão da receita pelo litoral, foram sendo acrescentados os frutos do mar, tornando a paella num prato misto, com ingredientes da terra e do mar.

O nome da receita deriva do recipiente onde é cozinhada, sendo um utensílio já usado pelos Romanos para colocar as oferendas aos Deuses, em rituais de fecundação da terra. O formato deste recipiente facilitava aos camponeses a preparação do arroz e demais ingredientes, proporcionando um cozinhado homogéneo. No entanto, há também referências históricas ao facto de os camponeses prepararem esta iguaria aos fins de semana, quando regressavam para casa, em homenagem às suas esposas. Sendo um prato preparado “Para Ellas”, o nome ficou associado a este momento, marcado pela alegria do reencontro.

Tradicionalmente, a Paella é um prato que os Espanhóis comem em datas festivas (casamentos, aniversários, batizados, fim de ano, feriados…), preferencialmente cozinhado ao ar livre e preparado pelo homem.

Ingredientes para 6 pessoas:

½ chávena (chá) de azeite extra virgem
1 cebola
1 chávena (chá) de ervilhas
1 colher (sopa) de açafrão em pó
1 colher (sopa) de açafrão em pó
3 chávenas (chá) de arroz
3 dentes de alho
300 g de camarões
300 g de camarões grandes
300 g de lulas cortada em anéis
300 g de mexilhão com concha
300 g de polvo em pedaços
4 chávenas (chá) de água a ferver
sal a gosto

Confeção

Cozinhe o mexilhão na água a ferver, durante 10 minutos ou até as conchas se abrirem. Retire os mexilhões cujas conchas permanecerem fechadas. Escorra o caldo e reserve.

Aqueça o azeite e refogue a cebola picada e o alho amassado.

Acrescente o pimento, a ervilha, o polvo e o arroz, deixando fritar durante 2 minutos.

Junte o caldo do mexilhão, o açafrão e o sal e leve a cozer, em lume brando, durante 10 minutos. Caso seja necessário, adicione um pouco mais de água.

Adicione a lula e os camarões médios, deixando cozinhar 5 minutos.

Acrescente os camarões grandes e o mexilhão, tape e deixe cozinhar mais 5 minutos.

Retire a paella do calor e sirva

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *